News Feed Item

A migração é uma questão cada vez mais decisiva para a Globalização 4.0 de Davos

A migração é a questão central nos assuntos mundiais e vai moldar cada vez mais questões importantes na agenda “Globalização 4.0” do Fórum Econômico Mundial, de acordo com o Índice Henley de Passaportes e o Relatório de Mobilidade Global 2019, publicado pela empresa de consultoria de residência e cidadania Henley & Partners.

O relatório – que oferece uma análise de ponta realizada por 16 importantes estudiosos e especialistas profissionais sobre as tendências atuais da mobilidade global, incluindo a divisão significativa criada pela guerra, mudanças climáticas, desigualdade econômica e instabilidade política – é divulgado apenas uma semana antes da participação da Henley & Partners em Davos.

Participante de dois painéis no encontro anual, Christian H. Kälin, presidente do Grupo Henley & Partners, disse que o impacto da migração nos assuntos geopolíticos não pode ser exagerado. “A migração é tanto uma causa quanto uma consequência de quase todas as questões de importância global e só se tornará mais central à medida que a globalização se aprofunda ainda mais e seus efeitos se fortalecem.”

A Henley & Partners vai organizar dois painéis de várias partes interessadas em Davos, reunindo chefes e ministros de vários governos e líderes acadêmicos e especialistas do setor, incluindo o primeiro-ministro de Antígua e Barbuda, o ministro das Finanças de Malta e o presidente Conselho de Migração por Investimentos. O primeiro debate será organizado em conjunto com a Ledgerstate, um grupo de especialistas em tecnologia blockchain e de descentralização. "Global Citizenship, Blockchain, and Digital Government" vai explorar como as tecnologias digitais estão transformando governos e cidadania, bem como a necessidade de que os cidadãos globais e suas sociedades criem um legado sustentável de maior soberania e cooperação.

O segundo painel vai se centrar em "Investment Migration: Sovereign Equity versus Sovereign Debt" e examina como os governos podem criar liberdade e segurança econômica ao aproveitar as opções de migração por investimentos.

Kälin afirmou que a agenda definida para Davos demonstra claramente a necessidade de reformular o pensamento atual sobre a globalização, seus efeitos de proliferação e os desequilíbrios criados. “Nossa discussão vai explorar a responsabilidade compartilhada de definir uma nova ordem mundial, romper as amarras dos encargos sistêmicos da dívida e permitir novas oportunidades de crescimento.”

Baixe o comunidade de imprensa completo

Baixe o Índice Henley de Passaportes e o Relatório de Mobilidade Global 2019

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.